Uma tênue linha entre o excesso e a medida


“É só um passo, um simples movimento, o que leva da direção correta a um destino não desejado. Ao mesmo tempo, é o mesmo passo o que permite sair desse estado para entrar num estado oposto, cheio de expectativas, futuro e bem-estar.

Uma tênue linha, quase imperceptível, se interpõe entre o comer exagerado e o equilíbrio, entre a gordura e a delgadeza saudável. De um lado está o caminho certo, com possíveis tropeços e recuperação imediata. Do outro, as crenças equivocadas, os pensamentos automáticos, as emoções fatalistas, e os mitos e dogmas que conduzem a resignação e ao cansaço.

Existe uma chave mestra para estar melhor a partir do emagrecimento e querer continuar magro graças ao bem estar proporcionado pela nova condição.

Dentro do METODO proposto no livro “CORTE, MEDIDA e DISTANCIA” está a resposta.

Compartilhe